Xeloda 500mg

Caixa com 120 cápsulas


    Descrição:

  • Fabricante: Roche
  • Registro MS: 1010005490041
  • Principio ativo: Capecitabina
  • Conservação: Ambiente

De: R$3.088,89
Por: R$2.780,00


Em estoque

Em 3x de R$926,67 s/ juros

ou R$2.696,60 à vista

Quantidade:


Calcule o prazo e valor do frete deste produto

    • Tamanho máximo do arquivo 8 MB

1. AÇÃO DO MEDICAMENTO
Xeloda® pertence ao grupo de drogas denominadas agentes citostáticos, que interrompem o crescimento das células tumorais ou cancerígenas. Xeloda® contém a substância ativa capecitabina, que é transformada no organismo (principalmente nos tecidos tumorais) em agente citostático.

2. INDICAÇÕES DO MEDICAMENTO
Xeloda® é prescrito pelos médicos para o tratamento de câncer de mama e de câncer de cólon e reto (que são partes do intestino) em determinadas condições.
Câncer de mama
• Xeloda® em combinação com docetaxel é indicado para o tratamento de pacientes com câncer de mama metastático após falha da quimioterapia citotóxica que contém antraciclina.
• Xeloda® é indicado como monoterapia no tratamento de pacientes com câncer de mama metastático resistente a regimes de quimioterapia com paclitaxel e antraciclina ou resistente a paclitaxel para pacientes em que a terapia adicional com antraciclina não está indicada, por exemplo, pacientes que receberam doses cumulativas de 400 mg/m2 de doxorrubicina ou equivalente. Define-se resistência como progressão da doença na vigência do tratamento, com ou sem resposta inicial, ou recorrência nos seis meses após término do tratamento adjuvante com antraciclina ou regimes que contêm antraciclina.
Câncer colorretal
• Xeloda® é indicado como monoterapia no tratamento adjuvante de pacientes com câncer colorretal. Xeloda® é indicado como tratamento de primeira linha para pacientes com câncer colorretal metastático.
Câncer gástrico:
• Xeloda® é indicado como tratamento de primeira linha para pacientes com câncer gástrico em estágio vançado, desde que associado com compostos de platina, tais como a cisplatina ou oxaliplatina.

3. RISCOS DO MEDICAMENTO
Contraindicações
Existem algumas condições em que o uso de Xeloda® está contraindicado, como em pacientes que tenham lergia conhecida a determinados medicamentos ou sejam portadores de determinadas doenças.
Você não deve tomar Xeloda® caso possua alergia conhecida a qualquer um de seus componentes. Portanto, deve informar ao seu médico, caso saiba que possui alergia ou hipersensibilidade a Xeloda® ou medicamentos à base de fluoropirimidinas.
Informe ao seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do início ou durante o tratamento.
Xeloda® não deve ser administrado com sorivudina ou com seus análogos quimicamente semelhantes, como brivudina (vide item Interações medicamentosas).
Antes de iniciar o tratamento, certifique-se de que seu médico saiba que você tem:
– doenças do fígado ou dos rins;
– outras doenças.
Converse com o seu médico caso tenha dúvidas a respeito das possíveis contraindicações de Xeloda®.
Se existirem contraindicações para qualquer um dos agentes em combinação, o agente não deve ser utilizado.

Advertências e precauções
Interrupção do tratamento: o seu médico pode solicitar que você deixe de tomar Xeloda® durante algum tempo (ou que tome menor quantidade do mesmo, caso desenvolva qualquer efeito colateral de difícil controle).
Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.
Xeloda® foi prescrito a você individualmente, e, sob nenhuma circunstância, você deve dar Xeloda® para qualquer outra pessoa.
Principais interações medicamentosas
Antes de iniciar o tratamento, certifique-se de que o seu médico sabe que você está tomando outros medicamentos (inclusive aqueles não prescritos por um médico). Isso é extremamente importante, porque, ao tomar mais de um medicamento simultaneamente, você poderá estar diminuindo ou aumentando os efeitos dos medicamentos.
Avise o seu médico se estiver tomando anticoagulantes ou fenitoína.
Alterações nos resultados de exames laboratoriais
Normalmente o médico solicita que os pacientes sejam submetidos a exames laboratoriais periodicamente. Xeloda® pode causar alterações nos exames laboratoriais, e seu médico saberá como proceder adequadamente nesses casos. Siga corretamente a orientação do seu médico com relação às doses e eventuais interrupções do tratamento.

"AO PERSISTIREM OS SINTOMAS O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO. ESSE PRODUTO É UM MEDICAMENTO E SEU USO INDEVIDO PODE TRAZER RISCOS. PROCURE SEMPRE A AJUDA DE UM MÉDICO OU FARMACÊUTICO. LEIA A BULA."