Compre pelo WhatsApp

5 motivos para usar Fertisop no tratamento da SOP?

A Síndrome do Ovário Policístico (SOP) é um distúrbio hormonal muito comum entre as mulheres que estão na idade reprodutiva. A doença ocorre quando há um aumento significativo no tamanho dos ovários, ocasionando o surgimento de vários cistos.

Estatísticas mostram que até 10% das mulheres podem apresentar essa doença. Suas principais causas estão associadas com o aumento de hormônio masculino e período menstrual desregulado. O tratamento para a SOP envolve reposição do mio-inositol por suplementos como o Fertisop.

Acompanhe mais informações sobre o assunto no texto a seguir!

Sintomas da Síndrome do Ovário Policístico

A Síndrome do Ovário Policístico apresenta alguns sintomas primários, os quais geralmente ocorrem após a primeira menstruação. No entanto, a doença pode, sim, se desenvolver de forma mais tardia, geralmente ao longo dos anos reprodutivos.

Os sintomas da SOP podem variar de mulher para mulher, impactando diretamente no estágio e na gravidade da doença. Os principais sinais são:

  • Menstruação irregular: Mulheres com menos de oito ciclos anuais, com intervalos de 35 dias, amenorreia por no mínimo 4 meses e períodos de menstruação prolongada.
  • Níveis altos de hormônios andrógenos (masculinos): As consequências podem ser excesso de pelos no rosto corpo, acne extrema e calvície.
  • Cistos pequenos detectados em exame de ultrassonografia.

Fatores de risco

Infelizmente, os estudos da medicina ainda não foram capazes de descobrir as causas exatas da SOP. Porém, alguns dos fatores altamente relacionados à doença são:

  • Insulina excessiva.
  • Hereditariedade da doença.
  • Resistência à insulina.
  • Aparecimento precoce de pelos pubianos.
  • Baixo peso ao nascer.

Tratamento da SOP

Normalmente, o tratamento da SOP se relaciona diretamente aos sintomas da doença e as dificuldades trazidas por cada um deles. Os medicamentos podem ser prescritos para:

  • Regular o ciclo menstrual.
  • Reduzir o crescimento de pelos.
  • Diminuir os níveis de insulina.
  • Auxiliar a ovulação.

Os tratamentos mais recorrentes e buscados estão associados com a fertilidade feminina,visto que a SOP dificulta, e muito, a gravidez. Um dos suplementos mais indicados é o Fertisop, por conta de sua eficácia na reposição de mio-inositol.

A importância da reposição do mio-inositol por meio do Fertisop

O nutriente mio-inositol é fundamental para a fertilidade feminina, pois contribui com o fortalecimento dos óvulos e o estímulo da ovulação. Assim, o Fertisop é um suplemento vitamínico desenvolvido para auxiliar a manutenção do equilíbrio fisiológico em mulheres em idade fértil, mas que apresentam SOP.

Essas mulheres apresentam deficiência de ácido fólico e de mio-inositol, nutrientes essenciais para quem pretende engravidar. Dessa forma, a ingestão do suplemento garante ao organismo o fornecimento de nutrientes fundamentais. Como consequência, o metabolismo dos açúcares é controlado, bem como a ovulação. Além disso, a suplementação também controla os níveis de estrogênio, regulando os hormônios e prevenindo o surgimento de cistos.

Quais são as indicações?

A reposição de mio-inositol é indicada para as mulheres que sofrem com Síndrome do Ovário Policístico e infertilidade.

É muito importante ter em mente a importância da consulta regular ao ginecologista. A SOP pode ter seus sintomas combatidos, principalmente a infertilidade, por meio da ingestão de mio-inositol. Saber quais são os sintomas da doença e como tratá-los é essencial.

Acesse nosso blog e nos siga nas redes socais para ler mais conteúdos como este!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 − 10 =