Futuras mamães, cuidado com a trombofilia

Futuras mamães, cuidado com a trombofilia

A gravidez é um dos momentos mais sublimes e esperados por muitas mulheres. A possibilidade de gerar um filho e a expectativa de ver seu rosto é relatado por muitas, como uma das maiores expectativas de suas vidas. No entanto, este bônus vêm acompanhado de muitos ônus. E bota ônus nisso!

 

Enjoos, dores nas pernas, cólicas, inchaços, excesso de peso e prisão de ventre são alguns dos problemas que acometem as futuras mamães. No entanto, com a gravidez também podem vir alguns problemas mais graves como a trombofilia, que é uma tendência ao espessamento do sangue, o que pode levar ao entupimento de veias.

 

Conheça alguns dos riscos – Este entupimento pode acontecer tanto nas veias da mãe como naquelas que levam o sangue para a placenta. Neste caso, pode haver descolamento antecipado da placenta, o que pode gerar aborto ou parto prematuro.

 

Já nos casos menos agressivos, pode haver obstrução parcial das veias da placenta. Com isso, haverá um fluxo menor de sangue e, consequentemente, menos nutrientes chegarão ao feto. Este é um dos motivos pelos quais a esta condição também está ligada à redução do crescimento fetal.

 

Mas, quando o assunto é a saúde da mãe, a embolia pulmonar – quando uma das veias ou artérias dos pulmões fica obstruída – é uma das complicações mais temidas pelos médicos. Outro problema recorrente é o risco de pré-eclâmpsia.

 

Mas, felizmente, já existe um medicamento, distribuído pela Life Medicamentos que auxilia no tratamento desta condição e que não causa nenhum efeito colateral nem para a mãe nem para o feto em formação. No entanto, vale o alerta e todo cuidado é pouco quando o assunto é gestação. Não se esqueça de seguir todas as recomendações do seu médico porque sua vida é preciosa e a do seu bebê também.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *