Reduclim 2,5mg c/ 35 Comprimidos

Compre Reduclim 2,5mg c/ 35 Comprimidos na Life Medicamentos. Consulte Frete Grátis para Região do ABC.


    Descrição:

  • Fabricante: Farmoquimica
  • Registro MS: 1039001360095
  • Principio ativo: Tibolona
  • Especialidade: Ginecologia, Clínica Médica

R$89,90 1x de R$89,90 s/ juros


Em estoque

Quantidade:

Sujeito a disponibilidade de estoque


Calcule o prazo e valor do frete deste produto

Comprimido 1,25mg

Este medicamento é destinado ao alívio das queixas resultantes da menopausa e à prevenção da osteoporose.

Comprimido 2,5mg

Reduclim® é indicado para o tratamento dos sintomas resultantes da deficiência de hormônio (estrogênio) em mulheres na pós-menopausa, com mais de um ano de menopausa. Reduclim® é indicado, também, para a prevenção da osteoporose em mulheres na pós-menopausa com alto risco de fraturas, no caso de intolerância ou contraindicação ao uso de outros medicamentos aprovados para a prevenção da osteoporose.

Como o Reduclim funciona?

Comprimido 1,25mg

Reduclim® é um medicamento que tem como substância ativa a tibolona, que alivia os sintomas da menopausa (fogachos, transpiração, secura vaginal), previne a perda óssea, melhora o humor e a libido (desejo sexual).

Comprimido 2,5mg

Reduclim® é uma Terapia de Reposição Hormonal (TRH). Reduclim® é utilizado em mulheres na pósmenopausa após o período de 12 meses desde a sua última menstruação natural.

Reduclim® é usado para:

Alívio dos sintomas que ocorrem após a menopausa

Durante a menopausa, a quantidade de estrogênio produzido pelo corpo da mulher diminui. Isto pode causar sintomas como calor na face, pescoço ou peito (fogachos). Reduclim® alivia estes sintomas após a menopausa.

Reduclim® só será prescrito para você se os sintomas afetarem seriamente sua vida diária.

Prevenção da osteoporose

Após a menopausa algumas mulheres podem ficar com os ossos frágeis (osteoporose). Você deve discutir todas as opções disponíveis com o seu médico. Se você apresentar um aumento do risco de apresentar fraturas devidas à osteoporose e outros medicamentos não são apropriados para você, você pode utilizar Reduclim® para prevenção da osteoporose após a menopausa.

Informações adicionais sobre Reduclim®

Os hormônios sexuais naturais mais importantes nas mulheres são o estrogênio e a progesterona. Esses hormônios são necessários para o desenvolvimento e desempenho sexual normal das mulheres e apresentam um importante papel no controle do ciclo menstrual e na formação óssea. O osso é construído durante a juventude e o nível máximo de massa óssea é atingido entre os 20 e 30 anos de idade. Após essa idade, a massa óssea diminui, primeiro lentamente, mas nas fases mais tardias da vida a perda óssea é acelerada, especialmente após a menopausa. Esta é definida como o período em que os ovários gradativamente interrompem a produção de estrogênios, fato que ocorre por volta dos 50 anos. Se os ovários são retirados cirurgicamente (ovariectomia) antes da menopausa, a diminuição na produção de hormônio ocorre subitamente.

A redução na produção de hormônio, frequentemente, leva ao aparecimento dos conhecidos sintomas do climatério, tais como ondas de calor e suores noturnos. A deficiência de hormônios sexuais pode, também, fazer com que o tecido de revestimento da vagina se torne mais delgado e seco. Consequentemente, a relação sexual pode se tornar dolorida e as infecções vaginais podem ocorrer com maior frequência. Esses problemas físicos em algumas mulheres são acompanhados por alterações do humor, nervosismo, irritabilidade e perda do desejo sexual.

Um problema que frequentemente passa despercebido é a acelerada perda de massa óssea nos anos próximos e após a menopausa. Gradativamente, os ossos se tornam frágeis e podem se quebrar facilmente (osteoporose), especialmente na coluna vertebral, quadril e punhos. A osteoporose também pode causar dores nas costas, perda de altura e curvatura nas costas.

Reduclim® contém tibolona, uma substância que apresenta efeitos favoráveis em diferentes tecidos do organismo, tais como o cérebro, vagina e ossos. Isso resulta na melhora dos sintomas da menopausa, tais como as ondas de calor e os suores noturnos, em efeito benéfico sobre o tecido de revestimento da vagina e favorável sobre o humor e o desejo sexual. Reduclim® pode, também, interromper o processo de perda de massa óssea que ocorre após a menopausa (na coluna, quadril e punhos). Diferentemente de algumas terapias de reposição hormonal, Reduclim® não estimula o tecido de revestimento interno do útero. Portanto, o tratamento com Reduclim® não produz sangramento vaginal mensalmente.

Comprimido 1,25mg

Está contraindicado no caso de reação alérgica à tibolona ou a qualquer componente de sua formulação. Em caso de dúvida, consulte o seu médico.

Não deve ser utilizado nas seguintes condições:

  • Gravidez e lactação;
  • História atual ou anterior de câncer que possa se desenvolver na presença de hormônios sexuais (como câncer de mama ou do endométrio);
  • História atual ou anterior de problemas circulatórios, especialmente os relacionados à trombose (formação de coágulos no sangue);
  • Alguma doença grave no fígado;
  • Presença de sangramento vaginal sem explicação;
  • Porfiria (doença hereditária ou adquirida);
  • Espessamento do endométrio (tecido de revestimento do útero).

Comprimido 2,5mg

Não use Reduclim® se qualquer um dos seguintes eventos se aplicar a você. Caso você tenha dúvida sobre algum dos pontos a seguir, converse com meu médico antes de tomar Reduclim®.

Este medicamento é contraindicado para uso por paciente que:

  • Tiver ou teve câncer de mama, ou se houver suspeita de câncer de mama;
  • Tiver ou se houver suspeita de que você tenha tumores dependentes de estrogênio, tal como o câncer do revestimento do útero (endométrio);
  • Tiver qualquer sangramento vaginal inexplicado;
  • Tiver espessamento anormal da parede do útero (hiperplasia endometrial) que não esteja sendo tratado
  • Tiver ou já teve um coágulo de sangue em uma veia (trombose), como nas pernas (trombose venosa profunda) ou nos pulmões (embolia pulmonar);
  • Tiver um problema de coagulação do sangue (como deficiência de antitrombina, proteína C ou proteína S);
  • Tiver ou recentemente teve problemas causados por coágulos sanguíneos nas artérias, como infarto, derrame ou angina;
  • Tiver ou teve problemas de fígado cujos exames não normalizaram;
  • Tiver um problema sanguíneo raro chamado “porfiria” o qual é uma doença hereditária;
  • For alérgica (hipersensibilidade) à tibolona ou qualquer um dos componentes da fórmula do produto;
  • Estiver grávida ou ache que pode engravidar;
  • Estiver amamentando.

Caso qualquer uma das condições acima aparecer pela primeira vez enquanto estiver utilizando Reduclim®, pare de tomar de uma vez e consulte o seu médico imediatamente.

"AO PERSISTIREM OS SINTOMAS O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO. ESSE PRODUTO É UM MEDICAMENTO E SEU USO INDEVIDO PODE TRAZER RISCOS. PROCURE SEMPRE A AJUDA DE UM MÉDICO OU FARMACÊUTICO. LEIA A BULA."