Fibrose Cística: O que é, diagnóstico e tratamento

Fibrose Cística: O que é, diagnóstico e tratamento

A Fibrose Cística é uma doença genética que afeta os pulmões, sistema digestivo e outros órgãos, causando sintomas desafiadores que afetam todo o corpo

Trata-se de uma condição ainda não muito conhecida, mas é importante conhecer como é diagnosticada e qual o tratamento da fibrose cística , para, em caso de aparecimento de sintomas, começar logo o tratamento.

O que é a Fibrose Cística?

É uma doença que afeta os genes ligados ao controle da movimentação do sal e da água para dentro e para fora das células.

Pessoas apresentam um acúmulo de muco espesso e pegajoso no sistema respiratório, digestivo e em outros órgãos.

Como a Fibrose Cística é diagnosticada?

A fibrose cística pode ser diagnosticada durante a triagem neonatal, que é realizada como parte do teste do pezinho, no calcanhar de todos os bebês.

Se houver histórico da doença na família, o paciente pode optar por fazer um teste de portador para ver se carrega o gene, o que requer apenas um simples exame de saliva ou de sangue.

A testagem também pode ser feita durante a gravidez. Entretanto, apenas gravidezes com alta chance de fibrose cística são testadas, visto os riscos envolvidos.

Sintomas

A fibrose cística afeta principalmente os pulmões, mas também o pâncreas, fígado, rins e intestino.

Os sintomas geralmente aparecem na infância, como a obstrução intestinal em recém-nascidos. Conforme as crianças crescem, elas devem se exercitar para liberar muco nos alvéolos.

Inflamação e infecção causam lesões e alterações estruturais nos pulmões, levando a uma variedade de sintomas.

Nos estágios iniciais, a tosse incessante, a produção abundante de muco e a diminuição da capacidade de se exercitar são comuns.

Muitos desses sintomas ocorrem quando bactérias, que normalmente habitam o muco espesso, crescem fora de controle e causam pneumonia.

Problemas de longo prazo, que variam em cada organismo, incluem:

  • dificuldade para respirar e tossir muco como resultado de infecções pulmonares frequentes;
  • infecções;
  • sinusites;
  •  Problemas de crescimento em crianças;
  • Fezes gordurosas;
  • infertilidade na maioria dos homens.

Tratamento

É vital que as pessoas com fibrose cística recebam tratamentos adequados para que possam viver vidas mais longas e saudáveis, visto que ainda não há cura.

As bases do tratamento das infecções das vias aéreas são o incentivo à boa nutrição e a um estilo de vida ativo.

A reabilitação pulmonar deve ser feita durante toda a vida do paciente, de modo a otimizar a função do órgão e, dessa forma, a qualidade de vida.

Na melhor das hipóteses, os tratamentos atuais atrasam o declínio da função do órgão.

Devido à ampla variação nos sintomas da doença, o tratamento geralmente ocorre em centros multidisciplinares especializados e é adaptado para o indivíduo.

O tratamento pode assumir muitas formas diferentes, envolvendo:

  • Medicação – broncodilatadores, antibióticos, esteroides, mucolíticos;
  • Fisioterapia - liberação das vias aéreas, terapias inaladas;
  • Nutrição - pessoas com fibrose cística devem ter uma dieta balanceada, pois pode ser muito difícil manter um peso saudável;
  • exercícios físicos - exercícios são particularmente importantes porque podem ajudar a eliminar o muco dos pulmões, melhorar a força e a saúde geral;
  • em alguns casos, transplantes.

Acesse nosso blog e fique por dentro de diversos temas da área da saúde! Precisou de medicamentos especiais? Acesse nosso site!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *