Colesterol: O que é? Quais os Sintomas? Saiba sobre os 2 tipos!

Colesterol: O que é? Quais os Sintomas? Saiba sobre os 2 tipos!

Muito se ouve falar sobre a importância do controle das taxas de colesterol no sangue, mas você sabe o que é, quais os sintomas e quais tratamentos indicados para esta doença? Não? Então leia nosso artigo!

O que é colesterol?

É uma espécie de gordura, produzida pelo fígado, essencial para a produção de vários hormônios, absorção de vitaminas e formação das membranas celulares.

Por se tratar de um óleo ele não se dissolve em água e, por isso, também não é solúvel no sangue.

Dessa forma, ele precisa se ligar a lipoproteínas, que são agentes presentes no sangue responsáveis pelo seu transporte a todos os órgãos do corpo.

Os tipos de lipoproteínas que atuam no transporte do colesterol são o LDL e o HDL.

Quais os tipos?

O LDL, lowdensity lipoprotein em inglês, é uma lipoproteína de baixa densidade, cuja responsabilidade é levar do fígado ao restante do corpo.

O problema é que se houver grande concentração de HDL no sangue, ele acaba depositando mais gordura nos vasos sanguíneos que o necessário.

E esse acúmulo pode entupir os vasos ou auxiliar para que haja uma trombose, fatores esses que levam a infarto ou acidente vascular cerebral (AVC).

Já o HDL, do inglês high density lipoprotein , é o tipo de lipoproteína densa, conhecida como bom colesterol, pelo fato de remover seus restos das artérias e devolvê-los ao fígado.

Assim, o colesterol total é a soma das quantidades de LDL e HDL no sangue de uma pessoa.

Quais os níveis adequados de colesterol?

A quantidade ideal de cada tipo varia conforme o organismo da pessoa. Entretanto, foram estabelecidos valores de referência para o acompanhamento.

As medidas estão em miligramas por decilitro (mg/dl), que se referem aos índices glicêmicos encontrados no sangue.

  • HDL (bom colesterol): baixo – inferior a 40mg/dl; bom – acima de 40 mg/dl; ideal: acima de 60 mg/dl.
  • LDL (colesterol ruim): ideal – inferior a 100mg/dl; desejável –100 a 129mg/dl; máximo: 130 a 159 mg/dl; alto: 160 a 189 mg/dl; muito alto: maior que 190 mg/dl.

Sintomas do LDL alto

Níveis altos de LDL no sangue não apresentam sintomas. Dessa forma, o problema só é percebido por meio de exames e, em casos extremos, após um infarto ou AVC.

Fontes de colesterol

Está presente apenas nos alimentos de origem animal, que são ricos em gorduras do tipo saturada. Alimentos de origem vegetal não contêm colesterol.

Gordura boa : Azeite de oliva, Óleo de canola, Abacate, Nozes, Linhaça, Sardinha, Salmão.

Gordura Ruim : Aves com pele, Queijos amarelos, Embutidos, Maionese, Leite, Carne vermelha, Frituras.

Fatores de risco

Por ser assintomático, o nível elevado de LDL no sangue pode vir associado a algumas condições, consideradas fatores de risco.

Dessa forma, é importante verificar os níveis caso a pessoa tenha ou seja alguma das condições a seguir:

  • Pressão alta;
  • Fumante;
  • Sedentário;
  • Idade avançada;
  • Alimentação rica em gorduras saturadas;
  • Casos de colesterol alto na família.

Tratamento

Para aqueles que apresentam dois ou mais fatores de riscos associados, é importante já começar a mudar hábitos, de forma a evitar e/ou diminuir os níveis de LDL no sangue.

  • Praticar exercícios;
  • Controlar o peso;
  • Adotar dieta sem gorduras saturadas, sem gorduras trans, baixo consumo de açúcar. Ter o hábito de comer muitas frutas, verduras, legumes, alimentos integrais e fibras;
  • Caso necessário, o médico receitará medicamentos para o controle dos níveis de colesterol no sangue.

Então algumas das situações ruins vindas do descontrole dos níveis de colesterol bom e ruim no sangue são uma realidade fácil de ser controlada.

Por isso, é tão importante saber o que é, quais sintomas e como controlar o colesterol.

Acesse nosso blog e leia mais artigos como esse!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *