Compre pelo WhatsApp

Guia básico dos sinais e sintomas de artrite reumatoide, como se prevenir?

Artrite reumatoide é uma doença que deve ser levada a sério. Suas consequências podem levar a perda de movimentos e, até mesmo, um AVC. É de extrema importância estar atento aos sintomas para se chegar a um diagnóstico precoce e iniciar tratamento o quanto antes. Saiba quais são os sinais da doença e o que fazer para evitá-la.

O que é artrite reumatoide?

Artrite reumatoide é uma doença crônica, caracterizada principalmente por dores e inchaço nas articulações. Normalmente o paciente passa por períodos de crises, que é quando a doença pode provocar inflamações e até deformidades nas juntas. Fora desses períodos, não há nenhum sintoma.

Essas crises, dependendo do caso, podem ser espaçadas ou frequentes. Ou seja, se repetirem em poucos dias, meses ou levarem até anos para acontecer novamente. A doença ainda pode se manifestar em pessoas de qualquer sexo e faixa etária, até mesmo em crianças. Porém, a incidência é maior entre mulheres com idades entre 55 e 75 anos.

Quais são os principais sinais e sintomas?

Os sintomas da artrite reumatoide podem aparecer em qualquer articulação, porém, são mais comuns em mãos, punhos, joelhos e tornozelos. Geralmente os primeiros sinais são dores sutis ao realizar atividades cotidianas.

Os principais sintomas nas articulações são:

  • Dores;
  • Inchaço;
  • Vermelhidão;
  • Rigidez matinal;
  • Deformidades;
  • Nódulos reumatoides;
  • Alterações radiológicas;
  • Dificuldade na realização das tarefas diárias.

O paciente pode sentir ainda:

  • Falta de energia;
  • Fadiga;
  • Falta de apetite;
  • Febre baixa.

Em crianças, apesar de ser mais raro, podem aparecer sintomas como febre alta, fraqueza e dificuldade de realizar movimentos. Outra característica importante, que ajuda a diferenciar a artrite reumatoide de outras artrites, é o fato da doença seguir um padrão simétrico. Ou seja, normalmente quando há uma inflamação nas articulações de uma mão, surge na outra também.

Apesar de não ter cura, os sintomas podem ser tratados através de medicamentos, que variam conforme a gravidade da situação. Na maioria dos casos, eles são indicados para reduzir as inflamações e prevenir deformidades e são essenciais, pois aliviam os sintomas e a progressão da doença.

Para alguns pacientes, ainda pode haver indicação de cirurgia. Além disso, a fisioterapia, a terapia ocupacional e até mesmo a prática de atividades físicas podem ser importantes aliadas para ajudar na continuidade das tarefas diárias.

Como é possível prevenir a AR?

A artrite reumatoide acontece quando o sistema imunológico começa a atacar o próprio organismo. Ainda não se sabe o que faz com que ele reaja dessa maneira, mas acredita-se que a causa está relacionada a uma combinação de fatores, como:

  • Genética;
  • Vírus e bactérias;
  • Fumo;
  • Fatores hormonais;
  • Obesidade.

Por isso, a melhor maneira de prevenção é levar uma vida saudável, evitar o consumo de drogas e álcool, praticar exercícios físicos e ter uma alimentação saudável.

Outra dica importante é buscar orientação médica ao menor sinal da doença.

Dependendo do estado de inflamação, pode haver risco de entupimento nas artérias levando a quadros de infartos e até AVC. Além disso, ela também pode afetar outros órgãos, como pulmão e coração. Por isso, quanto mais cedo a artrite reumatoide for detectada, menores serão suas complicações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *