Enoxalow 80mg

Solução Injetável – Caixa com 10 Seringas preenchidas x 0,8 ml


    Descrição:

  • Fabricante: Blausiegel
  • Registro MS: 1163700710094
  • Principio ativo: Enoxaparina Sódica
  • Conservação: Ambiente
Para mais informações sobre este produto consulte nosso atendimento:

(11) 4433-4215

Enviar Mensagem

Fora de estoque

1. PARA QUE ESTE MEDICAMENTO É INDICADO?
ENOXALOW® (enoxaparina sódica) é destinado para prevenção da coagulação do circuito de circulação extra
corpórea durante a hemodiálise em pacientes renais crônicos.

2. COMO ESTE MEDICAMENTO FUNCIONA?
ENOXALOW®(enoxaparina sódica) é um medicamento que contém enoxaparina sódica, substância que diminui o
risco de formação de coágulos, evitando a coagulação do sangue durante a realização de uma hemodiálise em
pacientes renais crônicos.
A enoxaparina sódica tem menor tamanho que as heparinas habituais e possui duas atividades fundamentais:
anticoagulante (como as heparinas) e antitrombótica (evita a formação do trombo ou coágulo).
3. QUANDO NÃO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?
ENOXALOW® (enoxaparina sódica) é contraindicado nas seguintes situações: Hemorragia ativa associada à trombocitopenia (redução do número de plaquetas).
Hemorragias de grande porte, incluindo acidente vascular cerebral (derrame). Pacientes que apresentam alergia a enoxaparina sódica, heparina e seus derivados.
Pacientes portadores de endocardite bacteriana e em uso de prótese valvular. Pacientes com alterações graves no sangue, pacientes que apresentem lesões orgânicas que podem levar a sangramentos. Pacientes portadores de úlcera gastroduodenal ativa.

Enoxalow® (enoxaparina sódica) é contraindicado na faixa etária pediátrica.

4. O QUE DEVO SABER ANTES DE USAR ESTE MEDICAMENTO?

A enoxaparina sódica não deve ser administrada por via intramuscular. Assim como acontece com outros anticoagulantes, pode ocorrer sangramento com o uso de enoxaparina sódica (ver item QUAIS OS MALES QUE ESTE MEDICAMENTO PODE ME CAUSAR?).
Em pacientes com baixo peso (mulheres < 45 Kg e homens < 57 Kg), o uso de enoxaparina sódica sem que a dose profilática tenha sido ajustada ao peso pode resultar em maior risco de hemorragia. Portanto, é aconselhável realizar monitoração clínica. Em pacientes com insuficiência renal, o risco de hemorragia é maior, recomenda-se monitoração clínica; em pacientes com insuficiência renal severa, o ajuste da dose é recomendado (ver item "COMO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?"). Devido à ausência de estudos clínicos, recomenda-se cautela em pacientes com insuficiência do fígado. A enoxaparina sódica deve ser utilizada com cautela em pacientes com alto risco de hemorragia mencionada a seguir: antecedentes de úlcera do estômago ou do duodeno; mau funcionamento do fígado; derrame recente; pressão sanguínea muito elevada, não controlada e sem tratamento; pacientes diabéticos com problemas nos olhos; pacientes que fizeram operação recente dos olhos e dos nervos. Se ocorrer sangramento, a origem deste deve ser investigada e o tratamento adequado deve ser instituído. Pode ocorrer trombocitopenia, geralmente entre o 5º e 21º dia após o início do tratamento. Deve-se, portanto, realizar a contagem plaquetária antes do início e regularmente durante o tratamento com enoxaparina sódica. Se o valor da contagem plaquetária cair entre 30 e 50%, o tratamento deve ser suspenso. Assim como com outros anticoagulantes, foram relatados casos de hematoma intra-espinhal com o uso de enoxaparina sódica junto com anestesia espinhal/peridural, que pode resultar em paralisia prolongada ou permanente. Esses eventos são raros com o uso de doses de até 40 mg/dia de enoxaparina sódica. Em doses superiores, o risco está aumentado, assim como em casos de uso junto com medicamentos como antiinflamatórios não esteroidais, uso de cateter epidural pós-operatório, traumatismos ou punções espinhais repetidas. O uso do ENOXALOW bem como de outras enoxaparinas sódica não foi adequadamente estudado para casos de tromboprofilaxia em pacientes com próteses valvulares cardíacas. Foram relatados casos isolados de trombose com próteses valvulares cardíacas em pacientes com próteses mecânicas valvulares que receberam enoxaparina para tromboprofilaxia. Alguns destes casos foram em gestantes nas quais a trombose resultou em óbitos materno e fetal. Gestantes com próteses mecânicas valvulares cardíacas podem apresentar maior risco para tromboembolismo. Enoxaparina sódica deve ser utilizada com extrema cautela em pacientes com histórico de trombocitopenia induzida pela heparina, com ou sem trombose. O risco de trombocitopenia induzida por heparina pode persistir por vários anos. Em caso de suspeita de trombocitopenia induzida por heparina, os testes in vitro de agregação plaquetária têm valor preditivo limitado. A decisão do uso de enoxaparina sódica em tais casos deve ser tomada somente por um especialista.

"AO PERSISTIREM OS SINTOMAS O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO. ESSE PRODUTO É UM MEDICAMENTO E SEU USO INDEVIDO PODE TRAZER RISCOS. PROCURE SEMPRE A AJUDA DE UM MÉDICO OU FARMACÊUTICO. LEIA A BULA."