O uso do TALTZ no tratamento da artrite psoriática?

O uso do TALTZ no tratamento da artrite psoriática

A artrite psoriática é um tipo de psoríase que atinge principalmente as articulações causando dores severas. Isso impacta diretamente a qualidade de vida dos pacientes, pois não podem realizar uma série de tarefas necessárias e, muitas vezes, simples. O problema tem tratamento e um medicamento bastante utilizado no caso é o Taltz.

A substância — ixekizumab — foi aprovada em 2016 pelo FDA (Administração de Alimentos e Drogas dos EUA). O remédio trata a psoríase e também os seus tipos como a artrite psoriática sempre sob orientação médica.

Quer saber mais sobre o Taltz e como ele pode ajudar pacientes com esse problema de saúde? Então, continue a leitura!

Entendendo a artrite psoriática

Para entender como o medicamento age no corpo, precisamos entender o mecanismo da doença, ou seja, a fisiologia dela.

Trata-se de uma doença autoimune, ou seja, os próprios anticorpos atacam o paciente. As consequências desse ataque se refletem na pele, com placas vermelhas e outros problemas e também nas articulações. Em média, 30% das pessoas com psoríase desenvolvem também problemas articulares.

Um dos mecanismos da doença responsável pela dor articular é o processo inflamatório que ocorre nas articulações. É um dos alvos dos anticorpos em alguns casos.

Quais os principais sinais e sintomas da doença?

A psoríase atinge, principalmente, pele e unha e, em alguns casos, também atinge as articulações. As que ficam nas extremidades do corpo como mãos e pés são as mais afetadas, o que pode causar deformidades. Podemos encontrar o chamado “dedo de salsicha” que é quando os dedos das mãos ficam inchados por conta do edema causado pelo processo inflamatório.

O problema pode melhorar por si mesmo, como um tipo de “trégua”, reduzindo a dor, mas também pode retornar a qualquer momento. Também pode provocar inflamação nos tendões e ligamentos, o que pode gerar outros problemas.

Como o medicamento Taltz age?

Bom, agora que já entendemos um pouco do mecanismo da artrite psoriática, vamos explicar como o Taltz consegue agir para reduzir os problemas e as dores dos pacientes.

O principal ingrediente do medicamento é um anticorpo, o ixekizumab. Ele se liga a uma proteína, a interleucina-17 A, que é justamente aquela que provoca o processo inflamatório. Por isso, quando o ixekizumab se liga a essa proteína, ela não pode se ligar a qualquer outra substância e, como consequência, também não pode desencadear o processo inflamatório. É aquele mecanismo chave-fechadura que estudamos no segundo grau.

Como ele é administrado?

O medicamento é administrado com uma injeção e é recomendado para aqueles pacientes que são indicados para realizar tratamento sistêmico. Isso quer dizer que, o medicamento viaja pela corrente sanguínea, passando por todo o corpo. É caso também de outro tipo de tratamento, a fototerapia, que pode ser combinado.

Como saber se tenho artrite psoriática?

Você deve ir ao reumatologista para que ele possa realizar o diagnóstico. O médico realiza uma avaliação clínica, analisando as manchas e o aspecto da pele e também pergunta sobre doenças que você já teve, doenças na família, entre outras questões relevantes. O paciente com suspeita deve fazer o teste para o FR (Fator Reumatoide).

Há contraindicações?

Bom, estamos falando de um medicamento que afeta diretamente o funcionamento do sistema imune, portanto, é preciso ter muito cuidado. Por exemplo, ele é contraindicado para pacientes que tenham tuberculose.

O mais importante é seguir fielmente as indicações do seu médico como horários e posologia para o Taltz. Se você precisar de ajuda para aplicar a injeção, peça ajuda a alguém que saiba ou relate isso na sua consulta para receber maiores orientações sobre o que fazer.

Quer tirar mais dúvidas sobre a substância? Então, entre contato com os nossos farmacêuticos e peça ajuda!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 + 5 =