Compre pelo WhatsApp

Conhecendo o Anastrozol 1mg

O Anastrozol é um medicamento que pertence a família do triazol, é um inibidor irreversível  da aromatase (atua como mediador da aromatização de  estrógenos e andrógenos), o fármaco foi desenvolvido na década de 90 pela indústria farmacêutica britânica.

Inibe a ligação da aromatase de forma competitiva e especifica ao grupo heme da enzima, evitando assim a passagem do estrógeno e andrógeno.

Indicações de uso

O Anastrozol é indicado para terapias hormonais, em mulheres que estão na menopausa, com câncer de mama, desenvolvido pelos receptores de estrógeno ou progesterona.

Retarda o desenvolvimento tumoral, também diminui as chances de que outro tumor apareça na mama oposta.

Em homens, o uso incorreto pode causar ginecomastia.

Anastrozol indicado para o tratamento de câncer de mama

Quando falamos em câncer de mama, podemos combate-los de duas formas, o primeiro impede o hormônio feminino de estimular as células das mamas, bloqueando seu crescimento, o tratamento é realizado através de um fármaco popularmente conhecido como Tamoxifeno.

Já no segundo tratamento,  fármacos impedem a fabricação de hormônios que estimulam o crescimento das mamas, inibindo a produção de estrógeno, esse bloqueio é realizado através de Anastrozol, entretanto, funciona apenas em mulheres que está na menopausa, pois o fármaco não é potente o suficiente para impedir a produção de estrógeno pelo ovário.

É mais eficaz do que o Tamoxifeno no combate ao câncer de mama. Mulheres que fazem tratamento com anastrozol desenvolvem problemas articulares e musculares, portanto a pratica de exercício físico é indicada para minimizar os efeitos colaterais.

Ginecomastia

Caracterizado pelo excesso de tecido glandular e gordura mamaria, o desenvolvimento excessivo das mamas masculinas é uma condição conhecida como ginecomastia, ela pode afetar homens de todas as idades, pode ser resultado de genética, aliterações hormonais, anabolizantes e ganho excessivo de peso

Homens que fazem o uso de anabolizantes, podem acabar convertendo a testosterona em estrógeno, refletindo assim em casos de ginecomastia, nesse caso, o objetivo do anastrozol é impedir que através de um processo de aromatização, o corpo converta a testosterona em estrogênio, regulando, portanto, os níveis hormonais dentro dos organismos.

Contraindicações

Contraindicado para , idosos, lactantes, também não é indicado no período da amamentação, uma vez que os compostos químicos passam pelo leite materno.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas ou que possam ficar grávidas durante o tratamento.

O uso não é recomendado em crianças, pois a eficácia não foi estabelecida nesta população.

Não se recomenda o uso em crianças ou em mulheres na pré-menopausa porque a segurança e a eficácia não foram estabelecidas neste grupo de pacientes. não foi investigado em pacientes com insuficiência renal ou hepática severa. O risco/benefício potencial para tais pacientes deve ser cuidadosamente avaliado antes da administração de Anastrozol (susbtância ativa).

Componentes como: anastrozol, povidone K30, croscarmelose sódica, estearato de magnésio, álcool etílico, hidroxipropilmetilcelulose e dióxido de titânio rutilo são prescritos na bula, caso o paciente possua hipersensibilidade a um dos componentes da fórmula, deve-se avisar a medico imediatamente, para que outro fármaco seja utilizado.

Siga a orientação de seu médico respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento

Efeitos colaterais

Só deve ser usado sob indicação medica, a leitura da bula deve ser realizada antes da administração do fármaco, pois apesar da significativa contribuição na luta contra o câncer de mama e ginecomastia, possue efeitos colaterais que são prejudiciais ao organismo, os mais comuns são:

  • Dor de cabeça
  • Ondas de calor
  • Náuseas
  • Diarreias
  • Vômitos
  • Artrite
  • Osteoporose
  • Queda de cabelo
  • Sangramento vaginal
  • Perda de apetite
  • Aumento no colesterol no sangue

Caso você sinta qualquer um dos sintomas citados acima, suspenda o uso, e informe o seu médico para saber qual a melhor opção para a continuidade do tratamento.

O Anastrozol interage com outros fármacos, cortando o efeito de ambos, sempre informe ao clinico sobre outros fármacos que estejam sendo utilizado em paralelo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *